Postagem em destaque

Contos de Fada Eróticos no Rio de Janeiro: O traficante de Zô - Parte I

Bem-vindo a série de Contos de Fada Eróticos no Rio de Janeiro. Começando com uma adaptação do Mágico de Oz. Obs.: Aviso para quem for fre...

sábado, abril 03, 2010

Canto da Saudade de Humberto Mauro

Canto da Saudade é um filme de Humberto Mauro de 1952, sendo uma profunda crítica ao poder do coronealismo em cidades do interior do Brasil. Estruturado como um conto narrado por uma professora a seus alunos, trata em primeiro plano da vida de um empregado de fazenda, Gaudino, e seu mundo de repressão, submisso ao coronel. Tendo também como pano de fundo a campanha política desse coronel, interpretado pelo próprio Mauro. Já na sua fase de documentários educacionais, Humberto Mauro acaba por usar uma retórica didática, extremamente sátira e eficiente neste filme. Tendo como protagonista um homem que não é agente de sua própria história, ou seja o próprio povo reprimido do sertão. Nem o romance na história é ao seu protagonista referente, a filha do coronel por quem ele se apaixona, não se envolve com empregados. O filme se expande para várias vertentes, tendo nos sonhos de Gaudino uma face surrealista, e na campanha política do coronel, características tanto documentais, quanto absurdas.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário: